O Coletivo

Blog do escritor Juliano Rodrigues. Aberto a textos gostosos de quem quer que seja. Contato: julianorodrigues.escritor@gmail.com

terça-feira, 13 de dezembro de 2016


                        

                        N

Juliano Barreto Rodrigues.

Deriva...
Derriba da pálpebra a lágrima.
À deriva e à pino
Sem tino ou prumo...

Valsando em gume
de navalha cega,
pontificando no vácuo,
repleto de nada por todos os lados.

Veleiro sem farol
Em noite escura e sem brisa.

Vontade de perder-se,
Degenerar,
Afogar no mar de dentro.
Sumir em si
Reduzir até não caber

Deriva...
Derriba da pálpebra a lágrima.
À deriva e à pino
Sem tino ou prumo...
Que rumo?