O Coletivo

Blog do escritor Juliano Rodrigues. Aberto a textos gostosos de quem quer que seja. Contato: julianorodrigues.escritor@gmail.com

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016



                       GUILDA FAMILIAR

                                                                                Juliano Barreto Rodrigues

Meu pai e meu irmão constroem coisas. Coisas úteis.

Encaixam, acertam, reformam.

Também construo coisas. Imateriais e concretamente inúteis.

Arrumam a cama quebrada,

Eu ponho os prazeres na cama.

Montam o guarda-roupas,

Em que minha mocinha esconde o amante.

Fazem casas,

Onde torno vivos personagens.

Remendam o pneu do carro

Que meu protagonista usou para fugir.

Batem o prego,

Que é o mesmo cravo do ataúde do vilão.

Empoam de trabalho as mãos

Em que a cigana do meu conto lê tantas venturas,

E que é diferente das minhas mãos lisinhas e limpas de trabalhador da palavra.

Somos iguais! Ambos construtores.

Eles constroem pontes

Para os céus que crio.